Tamanho exagerado de porções é um dos fatores da obesidade

11 de janeiro de 2019

Maria Fernanda Ziegler  |  Agência FAPESP – Existe algo de excessivo no tamanho das porções de comida servidas em restaurantes e isso não ocorre apenas nos Estados Unidos. Estudo realizado por equipe internacional de pesquisadores, que contou com o apoio da FAPESP, mostra que porções exageradas são comuns em restaurantes mundo afora.

O estudo publicado no British Medical Journal pesou e mediu o valor calórico de refeições em restaurantes populares no Brasil, China, Finlândia, Gana, Índia.

O resultado mostrou que 94% das refeições à la carte e 72% dos pratos servidos em fast-foods continham mais de 600 quilocalorias – mais que o consumo energético por refeição recomendado pelo Sistema de Saúde da Inglaterra (NHS).

Mais informações clique aqui

Post Tagged with

Desenvolvido e mantido pela Disciplina de Telemedicina do Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina da USP